Projetos que elaborei enquanto estive na direção do SRBM

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

REESTRUTURAÇÃO DOS SOMBRAIS


        INTRODUÇÃO 

O Sítio Roberto Burle Marx é uma unidade do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - IPHAN, órgão do Ministério da Cultura e está situado na Estrada Roberto Burle Marx nº 2019, na zona oeste do município do Rio de Janeiro. Possui 16.000 m2 da sua área total (365.000 m2) destinados à preservação de espécies botânicas em viveiros de plantas que, pela sua natureza, não suportam a exposição direta ao sol. Estes viveiros, denominados SOMBRAIS, necessitam de recuperação imediata de sua forma e estrutura construtiva pois estão em precário estado de conservação, deteriorados pela ação do tempo. O presente projeto visa a reforma dos SOMBRAIS, com a substituição das antigas estruturas de cobrimento, cuja manutenção é difícil, por estruturas modulares tridimensionais feita de tubos de metal. A reforma do sistema de irrigação das plantas também está compreendida neste projeto.

Para visualizar o projeto no Google Earth clique no link correspondente na coluna da direita.

 JUSTIFICATIVA

Adquirido em 1949 por Roberto Burle Marx (1909-1994) e seu irmão Guilherme Siegfried Marx, o Sítio Santo Antônio da Bica, a partir de sua doação à extinta Fundação Nacional Pró-Memória, passou a denominar-se Sítio Roberto Burle Marx. Neste local, ao longo de 45 anos, Roberto Burle Marx organizou e preservou uma das mais importantes coleções de plantas vivas do mundo, seja pela quantidade de indivíduos, seja pela diversidade das espécies preservadas. No âmbito das 3.500 espécies de plantas cultivadas existentes no Sítio, cerca de 30% destas necessitam de condições ambientais especiais para sua reprodução e sobrevivência. Estas espécies, muitas pertencentes às famílias das Aráceas, Zingiberáceas e Marantáceas, são plantas tropicais que vivem sob a copa das árvores. Os SOMBRAIS têm exatamente a função de recriar o habitat natural destas espécies, permitindo que, através do uso de telas com tramas mais abertas ou mais fechadas, seja feito o controle de luz adequado a sua sobrevivência. No momento, a garantia de qualidade dos 16.000 m2  de ripados existentes baseia-se na reposição contínua de rolos de telas (tipo Sombrite) que, sob a ação do tempo e das intempéries, são periodicamente danificadas, forçando a sua substituição em grande escala. Também o sistema de irrigação das plantas encontra-se prejudicado pela oxidação e rompimento dos canos e mangueiras.

            Assim, considerando-se :

·         que a substituição das atuais coberturas dos SOMBRAIS por estruturas modulares facilitaria a troca da tela nos locais danificados, tornando a manutenção mais eficaz e menos onerosa;

·         que a nova estrutura pode ser construída sem prejuízo da coleção abrigada;

·         que a nova estrutura seria mais alta e permitiria o crescimento pleno de determinados espécimes cujo desenvolvimento encontra-se limitado pelo insuficiente teto atual;

·         que a estrutura proposta, ao contrário da existente, permite que as substituições de telas sejam feitas pelo alto e por cima das plantas, o que diminui o risco para o acervo natural e facilita a operação, pois está prevista para suportar o peso dos operários necessários;

·         que a tela, no novo sistema, seria inclinada 45º, de modo a evitar o acúmulo de folhas secas sobre a mesma, aliviando mais um fator de desgaste prematuro;

·         que as atuais colunas de sustentação, que também servem de “escadapara algumas plantas, seriam mantidas somente como suporte destas e não mais como pilastras de sustentação das telas;

·         que um sistema de irrigação automático e pelo alto seria mais adequado e poderia ser usado para adubação e dispersão de defensivos;

·         que dentre as funções do SRBM estão a preservação, a documentação e a pesquisa botânica e que estas funções podem ser cumpridas, quando garantidas as condições de reprodução das espécies vegetais de seu acervo, muitas das quais estão ameaçadas de extinção ou praticamente extintas em seus locais de origem;

             configura-se como urgente a obra proposta no presente projeto

 OBJETIVOS

Propiciar condições adequadas de preservação ao acervo botânico do SRBM.

Corrigir os defeitos das estruturas e coberturas danificadas dos viveiros de plantas.

Substituir o sistema de irrigação das plantas que se encontra em precário estado, não atendendo as exigências mínimas para a rega das coleções

DESENVOLVIMENTO DO PROJETO 

            O projeto será desenvolvido nas seguintes fases

FASE :

·         ETAPA 1 - Desenvolvimento do projeto executivo para construção da nova cobertura dos sombrais, tomando por base o anteprojeto elaborado pelo SRBM e aprovado pelo IPHAN.

·         ETAPA 2 - Aprovação do projeto executivo

FASE :

·         ETAPA 1 - Construção dos pilares em concreto armado para suporte da cobertura e muros conexos.

·         ETAPA 2 - Fabricação da estrutura metálica.

·         ETAPA 3 - Montagem da estrutura.

·         ETAPA 4 - Implantação do sistema de irrigação.

·         ETAPA 5 - Colocação da tela de proteção contra o sol.

·         ETAPA 6 - Retirada da antiga cobertura

CRONOGRAMA 

ETAPAS /                                MESES

1

2

3

4

5

6

7

8

Elaboração e aprovação do projeto executivo

X

X

 

 

 

 

 

 

Construção dos pilares e muros

 

 

X

X

 

 

 

 

Fabricação da estrutura metálica da cobertura

 

 

X

X

 

 

 

 

Montagem da estrutura

 

 

 

 

X

X

 

 

Implantação do sistema de irrigação

 

 

 

 

 

X

 

 

Colocação da tela

 

 

 

 

 

X

X

X

Retirada da antiga cobertura

 

 

 

 

 

 

X

X

ORÇAMENTO ESTIMADO 

ETAPAS

       VALOR

Elaboração e aprovação do projeto executivo

   75.000,00

Material para construção em concreto

   250.000,00

Construção dos pilares e muros

   250.000,00

Fornecimento e montagem da estrutura metálica

1.500.000,00

Retirada da antiga estrutura

   150.000,00

Aquisição e instalação do sistema de irrigação

   250.000,00

Divulgação

         

CUSTO TOTAL

2.475.000,00


Nenhum comentário:

Postar um comentário